As Flores e as Sirenes

As Flores e as Sirenes

Muitos me perguntam como estou durante o lockdown. Respondo que muito bem, vivo o privilégio de poder trabalhar de casa, morar com uma ótima companhia, viver num país politicamente estável - se é que posso afirmar que a política pode ser estável - e finalmente encontrar tempo para acomodar toda a energia que nos últimos [...]

O Palácio do Agora

O Palácio do Agora

Sigo a Kensington Road em direção ao Hyde Park e ouso sair do meu bairro pela primeira vez em 7 semanas. O que preenche os vazios urbanos é o perfume das flores de primavera no ar, camellias, daffodils, magnolias, bluebells, tulipas, wisterias… Passo o parque, o Wellington Arch, as árvores imensas do Green Park, chego [...]

Uma Londres Selvagem

Uma Londres Selvagem

E se você pudesse conhecer um outro lado de Londres? A crônica de hoje é talvez menos poética e mais informativa. Ela fala sobre os lugares mágicos que encontrei aqui, embora comece com um alerta, porque talvez você se decepcione um pouco com minhas dicas. Não sei se são as melhores referências se você se [...]

The Chronicles of a Wild Woman

The Chronicles of a Wild Woman

Já não sei mais se Clarice conversa comigo ou eu converso com ela. O momento da impermanência das folhas me une a literatura, a Londres e a um encanto estranho sobre as delicadezas efêmeras que a Terra nos dá. / / I do not know if Clarice talks to me or if I talk to her. The impermanent moment of the leaves ties me to literature, to London and to an odd charm about the ephemeral delicacies that earth gives us.